01-Imposition-des-Cendres-par-le-pontife-Pontifical-de-1561.png

 

«Deu o vento, levantou-se o pó: parou o vento, caiu. Deu o vento, eis o pó levantado: estes são os vivos. Parou o vento, eis o pó caído; estes são os mortos. Os vivos pó, os mortos pó; os vivos pó levantado, os mortos pó caído; os vivos pó com vento, e por isso vãos; os mortos pó sem vento, e por isso sem vaidade. Esta é a distinção, e não há outra.»

Padre António Vieira in “Sermão de Quarta-Feira de Cinzas”(1672)

Anúncios