nicolas flamel

Oração de Nicolas Flamel (1330/1340?-1418)

«Deus Todo-Poderoso, Eterno, Pai da Luz, de quem provêm todos os dons e bens perfeitos, imploro vossa misericórdia infinita;

Deixai-me conhecer um pouco de Vossa sabedoria eterna; aquela que circunda Vosso trono, que criou e fez, que conduz e conserva tudo.

Dignai-Vos enviá-la do céu a mim, de Vosso santuário e do trono de Vossa glória, a fim de que ela esteja em mim e opere em mim; é ela que é a Senhora de todas as artes celestes e ocultas, que possui a ciência e inteligência de todas as coisas.

Faz com que ela me acompanhe em todas as minhas obras que, por seu espírito, eu tenha a verdadeira inteligência, que eu proceda infalivelmente na nobre arte à qual estou consagrado, na busca de miraculosa pedra dos sábios que ocultastes ao mundo, mas que tendes o hábito de descobrir ao menos a Vossos eleitos.

Que essa grande obra que tenho a fazer cá embaixo seja começada continuada e concluída ditosamente por mim; que, contente, goze-a para sempre;

Imploro-Vos, por Jesus Cristo, a pedra celeste, angular, miraculosa e estabelecida por toda eternidade, que comanda e reina convosco, Deus Todo-Poderoso.»

Anúncios